Denivaldo Alves

18 de novembro de 2022

GESTÃO DEMOCRÁTICA: SAE DF LEVA SUGESTÕES À CLDF

O Sindicato dos Trabalhadores em Escolas Públicas no Distrito Federal (SAEDF) participou da audiência pública que discutiu mudanças na lei da gestão democrática nas escolas. No plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), o sindicato propôs três iniciativas para aperfeiçoar o PL 3015/2022: que o secretário(a) escolar componha a gestão da escola, sem indicação ou cargo de provimento; que seja eleito junto com a gestão da escola; e que seja criado o cargo de coordenador de monitores.
3 de agosto de 2022

ORÇAMENTO: ARTICULAÇÃO DO SAE DF GARANTE RECURSOS PARA REMUNERAÇÃO DOS SERVIDORES DA ASSISTÊNCIA À EDUCAÇÃO

Uma vitória decisiva para os profissionais da carreira Assistência à Educação foi confirmada pelo Diário Oficial do Distrito Federal na terça-feira, 02/08: a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2023 reservou recursos financeiros adicionais para o pagamento das tabelas salariais, uma das demandas mais importantes para a categoria. Essa conquista é fruto da atuação do Sindicato dos Profissionais de Assistência à Educação (SAE DF), que mobilizou sua diretoria para convencer os parlamentares da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) da importância de reduzir as perdas salariais dos servidores. Depois de muitas reuniões e audiências com parlamentares, a reivindicação foi atendido e é realidade para o triênio 2023/2025.
3 de agosto de 2021

SAE DF PARTICIPA DE MOBILIZAÇÃO CONTRA PEC-32 E CONVOCA SUA BASE CONTRA A REFORMA ADMINISTRATIVA

O SAE DF tem participado de todos os atos organizados pelas entidades representativas dos trabalhadores para derrotar a reforma administrativa. Ao mesmo tempo em que atua para garantir os direitos dos profissionais da educação no âmbito local, o sindicato coloca toda a sua representatividade no combate a propostas que possam trazer prejuízos ao servidor no âmbito nacional.
4 de julho de 2021

“PEC-32 É UMA GRANADA PRONTA A EXPLODIR”, ALERTA SAE DF

O Sindicato dos Trabalhadores em Escola Pública no Distrito Federal (SAE DF) voltou a defender a união de todos os servidores públicos na mobilização para impedir a aprovação da PEC-32 pelo Congresso Nacional.