UNIDOS NA LUTA: A VITÓRIA DOS VIGILANTES NAS ESCOLAS PÚBLICAS DO DF

A luta sindical, em sua essência, não é apenas uma batalha por direitos e melhores condições de trabalho; é uma jornada contínua de solidariedade, resistência e, acima de tudo, de humanidade. Recentemente, testemunhamos um capítulo dessa jornada, uma história que reforça a importância da união e da persistência na defesa dos trabalhadores. No coração dessa narrativa estão os(as) companheiros(as) da carreira Politicas Públicas e Gestão Educacional (PPGE), Técnicos de Gestão Educacional Especialidade Vigilância das escolas públicas do Distrito Federal, cuja dedicação transcende a simples segurança física, tornando-se guardiões do futuro de nossas crianças.

A Luta Começa: Desafios Enfrentados pelos Vigilantes

Imagine dedicar décadas de sua vida a proteger e servir, apenas para ser dispensado e devolvido para uma Regional de Ensino sem justa causa. Essa foi a realidade enfrentada por vigilantes experientes, que, após anos de serviço leal, viram-se subitamente afastados de suas funções na escola classe da 303 Sul. Esses profissionais não são apenas funcionários; são parte integrante da comunidade escolar, contribuindo significativamente para o ambiente educacional e para a segurança dos nossos estudantes.

A Resposta do SAE-DF: Solidariedade em Ação

Diante dessa injustiça, o Sindicato dos Trabalhadores em Escolas Públicas no Distrito Federal (SAE-DF) não hesitou em agir. A união e a solidariedade foram as chaves para abordar essa questão de frente, levando as preocupações e os anseios dos vigilantes diretamente aos ouvidos daqueles no poder. A reunião com o Secretário Executivo e a Diretora da escola não foi apenas um encontro formal; foi uma demonstração de força, uma voz coletiva clamando por justiça e respeito.

Vitória: A Reintegração dos Vigilantes

A determinação do secretário da SECEX em reintegrar os profissionais às suas funções foi mais do que uma decisão administrativa; foi um reconhecimento da importância desses trabalhadores para a comunidade escolar. Este momento não marca apenas uma vitória para os companheiros vigilantes, mas também uma vitória para a educação e para a sociedade, reafirmando o valor inestimável dos que dedicam suas vidas à proteção e ao bem-estar dos nossos jovens.

O Papel do Sindicato: Mais do que uma Entidade de Luta

Este episódio ressalta o papel vital do SAE-DF, não apenas como defensor dos direitos dos trabalhadores, mas como um farol de esperança e um agente de mudança positiva. A capacidade de mobilizar, dialogar e alcançar resultados concretos demonstra o verdadeiro poder da ação coletiva e da representação sindical.

Palavras do Secretário Geral, Denivaldo Alves

“Nossa luta vai além das questões trabalhistas; ela toca o cerne da dignidade humana e da justiça social. A reintegração desses dedicados vigilantes é uma prova da força que temos quando estamos unidos. Cada membro, cada voz, contribui para o sucesso de nossa missão. Vamos continuar a lutar, não só pelos nossos direitos, mas pelo futuro da nossa educação e pela segurança dos nossos filhos. Este é um lembrete poderoso de que, juntos, somos imparáveis. Agradeço a cada um de vocês por acreditar na força da nossa união e por fazer parte desta vitória significativa.”

A história dos vigilantes das escolas públicas do DF é um testemunho do poder da solidariedade e da ação coletiva. Ela nos lembra que, independentemente dos desafios, a união e a determinação podem abrir caminhos para a justiça e para a realização de mudanças significativas. O SAE-DF, juntamente com cada um dos seus membros, continua a ser um bastião de esperança e uma força para o bem, guiando-nos em nossa jornada coletiva em direção a um futuro mais justo e inclusivo.

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo