Educadores brasileiros repudiam violência política e a intolerância ideológica instauradas na atual campanha eleitoral brasileira