COM A PRESENÇA DO SAE-DF, ATO FORA BOLSONARO FOI GIGANTE E NECESSÁRIO PARA BARRAR RETROCESSOS