Rodrigo Rodrigues

26 de janeiro de 2022

É preciso (SIM) revogar a reforma trabalhista

Não tem como “dar um jeitinho” na reforma trabalhista. A tal reforma é filha de um golpe de Estado e da articulação dos setores mais tenebrosos do país, que lucram com a miséria da classe trabalhadora