Sol, a Luz na Educação: A trajetória inspiradora de Sorlene Ferreira

Entre desafios e conquistas: A jornada de uma mulher pela igualdade e empoderamento no ambiente educacional e sindical

No mês dedicado a celebrar as conquistas e a força feminina, a série comemorativa do SAE-DF traz a história inspiradora de Sorlene Ferreira, ou “Sol”, como é carinhosamente chamada por seus colegas da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF). Sol emerge como uma voz renovadora entre as profissionais dedicadas à carreira de Políticas Públicas e Gestão Educacional (PPGE), sendo um exemplo de dedicação, competência e luta por um espaço igualitário e justo para todas as mulheres no ambiente educacional.

Trajetória Profissional e Sindical

Ao nos contar sobre sua trajetória, Sol relembra o início de sua carreira na SEEDF, marcada pela luta por nomeações de Secretários Escolares nas redes sociais e em reuniões políticas, até sua posse e subsequente jornada na Subsecretaria de Administração Geral (SUAG). Ela destaca sua experiência na Gerência de Contratos e Termos (GCONT) e na Diretoria de Deflagração das Licitações (DILIC), onde atua como assessora. A dedicação e o aprendizado contínuo definem seus quase dois anos de serviço, que ela descreve como uma “enxurrada de aprendizado”.

Desafios Contemporâneos

Sol aponta que, apesar de as mulheres representarem cerca de 80% da carreira PPGE e assumirem cada vez mais posições de liderança, os desafios persistem, principalmente em relação à necessidade de qualificação contínua e à conquista de espaços de poder. Ela enfatiza a importância de não ter medo de assumir esses espaços, demonstrando sua visão progressista sobre o papel das mulheres na educação.

Sorlene Ferreira. Foto Divulgação

Conquistas e Impactos

Uma conquista significativa mencionada por Sol é a mudança no cenário de concursos públicos, que antes eram desenhados para preferencialmente atrair mulheres para cargos como magistério, merendeiras e auxiliares de Conservação e Limpeza (ACL). Hoje, segundo ela, o espaço está aberto para mulheres em todas as áreas, evidenciando um avanço importante na luta pela igualdade de gênero.

Visões para o Futuro

Inicialmente relutante em se envolver com o sindicalismo, Sol relata como sua participação no Comando de Greve e em uma greve desafiadora mudou sua perspectiva sobre a importância da representação sindical. Ela destaca o papel vital do SAE-DF e a inspiração que encontrou em outras mulheres aguerridas, tanto na base quanto entre as sindicalistas, na luta por direitos e melhorias nas condições de trabalho.

Sol é uma das muitas vozes vibrantes entre as trabalhadoras da SEEDF, que hoje conta com milhares de mulheres em seu quadro. Sua história é um reflexo da luta contínua por igualdade, representatividade e empoderamento da mulher, servindo como inspiração para todas as profissionais da educação e além.

Ao dar visibilidade às histórias de mulheres como Sol, o SAE-DF reforça seu compromisso com a promoção de um ambiente de trabalho mais justo e igualitário, onde as conquistas da mulher são celebradas e reconhecidas, contribuindo para um futuro mais inclusivo e empoderador para as próximas gerações de mulheres na educação.

Receba nosso boletim informativo

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo