Avanços no Grupo de Trabalho para atualização das fichas profissiográficas dos Monitores

Na manhã desta quinta-feira, um ambiente de comprometimento e expectativa encheu o gabinete da Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep), onde figuras importantes da educação do Distrito Federal e representantes sindicais se reuniram para dar um passo significativo na atualização das fichas profissiográficas dos Analistas em Políticas Públicas e Gestão Educacional, com foco na especialidade de Monitor em Gestão Educacional.

A reunião foi aberta pela Subsecretária Ana Paula Aguiar, que destacou a importância da iniciativa: “Este encontro é fundamental para alinharmos as necessidades reais dos nossos monitores com as descrições de suas funções, garantindo que cada detalhe de suas atribuições seja adequadamente reconhecido e respeitado.”

A Perspectiva do Sindicato e a Necessidade de Atualização

Denivaldo Alves, Secretário Geral do SAE-DF, reforçou a urgência da revisão durante a reunião: “A revisão das fichas profissiográficas é mais do que uma formalidade burocrática; é uma questão de justiça para nossos monitores. Eles estão na linha de frente do ensino, muitas vezes enfrentando desafios enormes para atender às necessidades de nossos alunos mais vulneráveis. Uma ficha atualizada e precisa é essencial para garantir que eles tenham o suporte e os recursos necessários para executar suas funções com excelência e segurança.”

Consenso e Colaboração para o Futuro

A Subsecretária respondeu positivamente, sugerindo um método de trabalho que prioriza a transparência e a eficácia: “Vamos começar revisando as atribuições específicas por especialidade. Isso nos permitirá fazer ajustes precisos e significativos que beneficiarão tanto os profissionais quanto os alunos.”

Victor Hugo Borba, representante direto dos monitores e membro ativo da Mesa de Negociação, compartilhou seu entusiasmo e compromisso: “Estou aqui para assegurar que nossas vozes sejam ouvidas e que as mudanças implementadas realmente refletirão nossas necessidades e melhorarão nosso ambiente de trabalho. É essencial que as novas fichas sejam claras e justas, refletindo a realidade de nossas funções.”

Membros do GT Monitores. Foto: Ricardo Bastos

Foco nas Necessidades Específicas e Próximos Passos

Ana Quésia Silva, também membro da Mesa de Negociação, delineou as próximas etapas do grupo, enfatizando a importância de abordar tópicos delicados com precisão: “Nossa próxima reunião incluirá uma discussão aprofundada sobre o monitoramento dos estudantes. Essas são tarefas delicadas que, muitas vezes, caem em uma zona cinzenta entre as responsabilidades educacionais e técnicas. Queremos garantir que nossos monitores estejam adequadamente equipados e autorizados para realizar tais tarefas sem riscos.”

O GT revisou a minuta apresentada pelo SAE-DF item por item, com debates vigorosos, mas construtivos, sobre cada ponto, especialmente sobre como mapear efetivamente a situação atual e as expectativas futuras das funções dos monitores.

Encerramento e Expectativas

Com os olhos postos no futuro, o GT agendou o próximo encontro para 10 de maio, onde continuarão a refinar e aperfeiçoar as fichas profissiográficas. Este processo não só fortalecerá a carreira de Monitor Escolar, mas também assegurará que os profissionais estejam em posição de prestar o melhor suporte possível aos alunos do Distrito Federal.

Este encontro é um testemunho do poder do diálogo e da cooperação entre o SAE-DF e a SEEDF, mostrando um caminho promissor para futuras colaborações que beneficiem tanto os trabalhadores quanto o sistema educacional como um todo.


Importante

O Grupo de Trabalho criado pela SEEDF não é destinado à revisão das fichas profissiográficas da carreira de Políticas Públicas e Gestão Educacional (PPGE). Esse trabalho específico de revisão das fichas profissiográficas dos técnicos, analistas e gestores, será conduzido em outra ocasião e divulgado posteriormente pela própria Secretaria. O foco atual do grupo está em debater e propor alterações para as atribuições da especialidade de Monitor em Gestão Educacional, visando alinhar essas funções com as necessidades contemporâneas do setor educativo do Distrito Federal.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo