ASSEMBLEIA DO SAE-DF MARCA PASSO IMPORTANTE PARA REFORMA ESTATUTÁRIA E FORTALECIMENTO DA CATEGORIA

União e Renovação: Membros do Sindicato dos Trabalhadores em Escolas Públicas no DF definem rumos para ampliação de direitos e participação

Num dia que marcou mais um capítulo importante na história do Sindicato dos Trabalhadores em Escolas Públicas no Distrito Federal (SAE-DF), a assembleia geral extraordinária, convocada para esta quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024, no SDS/CONIC, Praça dos Aposentados, em frente à sede do sindicato, refletiu o dinamismo e a resiliência dos seus associados. A convocação, feita com antecedência e detalhada no edital de 08 de fevereiro de 2024, prometia um encontro decisivo para os rumos da entidade.

Com a presença significativa, a assembleia foi iniciada pontualmente, seguindo o rito de primeira e segunda chamada. A mesa, composta integrantes do sindicato – o Secretário Geral, Denivaldo Alves; o Secretário de Patrimônio e Finanças e presidente da mesa, Damião Ornilo; a Secretária de Organização e Novas Tecnologias e secretária da mesa, Rita Torres; e como convidado o advogado Washington Dourado, do escritório Washington Advogados – sinalizava a importância do encontro.

Denivaldo Alves, ao abrir a sessão, não só agradeceu a presença dos associados, como também relembrou as conquistas recentes, em especial a gratificação de incentivo à carreira (GIC) obtida após a greve de 2023. Essa vitória, segundo ele, não foi apenas do sindicato, mas de toda a categoria de Políticas Públicas e Gestão Educacional (PPGE), destacando a importância da união entre as gerações de fundadores e novos concursados para o fortalecimento da entidade.

Denivaldo Alves relembrou as conquistas recentes. Foto: Ricardo Bastos

A discussão sobre a necessidade de reforma e atualização do Estatuto Social do SAE-DF tomou conta do encontro. Damião Ornilo ressaltou a importância de adaptar o estatuto para acolher os novos associados, permitindo-lhes concorrer a cargos eletivos, um movimento essencial para a renovação do SAE-DF.

O convidado, Washington Dourado, com sua experiência jurídica, esclareceu os pontos fundamentais para a reforma estatutária, focando na inclusão de novas lideranças e na flexibilização dos requisitos para a candidatura aos cargos direcionais. A proposta de adiamento das eleições, visando a reforma do estatuto, foi colocada em votação e aprovada pela ampla maioria dos presentes.

A formação de uma comissão da base, composta por cinco membros eleitos  unanimemente – José Eudes, Sorlene (Sol), Carlos Alberto (Carlão), Queila Gonçalves e Victor Hugo, com Damião Ornilo como coordenador – marcou um passo importante para acompanhar a mudança estatutária, garantindo que a voz da base seja ouvida nesse processo crucial.

O encerramento da assembleia às 10h51 reafirmou o compromisso dos membros do SAE-DF com a democracia sindical e com a luta contínua por melhores condições para os profissionais da educação no Distrito Federal. A jornada pela renovação e fortalecimento do sindicato continua, com a certeza de que a união e a participação ativa de todos os associados são fundamentais para o sucesso dessa empreitada.

Receba nosso boletim informativo

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo