Direção do SAE-DF se solidariza aos vigilantes em greve

Direção do SAE-DF se solidariza aos vigilantes em greve

Os vigilantes do Distrito Federal, com data-base em 1º de Janeiro, tentar negociar a Pauta de Reivindicações desde o ano passado, mas o Sindicato Patronal vem apresentando apenas propostas de retrocesso que implicam em perdas anuais de mais de R$ 5 mil reais, comprometendo a sobrevivência do trabalhador e sua família.

Diante da intransigência dos empresários, a categoria definiu pela greve geral por tempo indeterminado no dia 28/02, e até o momento os patrões vem recusando a negociação e qualquer acordo. Eles também tentam quebrar financeiramente o Sindicato e não querem mais descontar a mensalidade sindical, uma prática antidemocrática e que atenta contra a liberdade sindical.

Apesar dos transtornos causados pela greve, como o fechamento de bancos e a precariedade no atendimento em hospitais e outros órgãos, a direção do SAE-DF conclama os servidores da Carreira Assistência à Educação a apoiarem a luta dos vigilantes, pois todas essas propostas ruins que os patrões apresentam hoje, podem se consumar em outras categorias e atingir a todos nós, nossas famílias e amigos também estarão sujeitos a perderem suas conquistas. Por isso, mexeu com os direitos de uma categoria, mexeu com todas.

Manifestem seus apoios nas redes sociais, nos sites da mídia que sempre faz matérias contra os interesses dos trabalhadores. Vamos nos solidarizar com esses combativos companheiros e companheiras vigilantes.
 
 
Direção do SAE-DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Scroll To Top